segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

quem sabe ela vai acordar em um dia de inverno em uma casa nas montanhas, ir até a sala e encontrar o que teve de mudar oito vezes de cidade para encontrar. quem sabe em um dia rotineiro, como ontem e antes de ontem, ela vire a esquina errada e se depare com um sorriso que havia perdido depois de perceber que os dias rotineiros haviam voltado.

pode estar nos quadros dos mais belos museus
nos copos de cachaça esquecidos no fundo dos bares
nunca se sabe. 
está em tudo, em todo lugar
em cada raio de sol
em cada vez que fecho os olhos
em cada vez que te lembro
e em cada palavra que não escrevo. 
e tomara que esteja no seu coração também!
pois não há porque sentir-se só.


o amor está em todo lugar. 

9 comentários:

  1. Se fosse lindo, nåo seria de Irene Chemin. Simplesmente perfeito. Mais uma prova de que o amor está em todo lugar pois os belos poemas såo escritos com ele, entåo, desculpa sociedade. Podem dar o lugar para esses poemas que devem ser reconhecidos

    ResponderExcluir
  2. Nem eu diria melhor pq a Irene sempre foi alguém espetacular e sempre escreveu mt bem. Quem dera a muitos escrever com metade da qualidade que a minha Irene escreve. COnitnua assim Irenita adoro-te ^^ ass: Mingo

    ResponderExcluir
  3. Que lindo, cada dia mais inspirada né dona irene? awn :3

    ResponderExcluir
  4. Tinha que ser de Irene Chemin. Minha linda. Perfeito como sempre.

    ResponderExcluir
  5. que texto lindo, amei bofe

    ResponderExcluir
  6. muito bonito esse seu texto. :'(

    ResponderExcluir