terça-feira, 2 de agosto de 2011

Sorrir... Não basta.

É estranho dizer que amei tanto ao ponto de virar nada. Sorri tanto que chorei. Chorei por saber que você não ficaria para sempre para continuar me fazendo sorrir. Me senti tão livre que me prendi ao medo de me prender à você. E no final, acabei me prendendo. Em você me achei, finalmente encontrei e soube quem eu era de verdade, mas acabei me perdendo dentro de mim própria. E agora? Agora basta sorrir. Sorrir e fingir, fingir que está tudo bem, porque uma hora, tudo vai ficar bem sim! Como eu sempre digo: uma hora acostuma. Se não passar, acostuma. E eu espero me acostumar logo, pois fingir eu já consigo há tempos. Sorrir. Sorrir. Sorrir. Não basta. Mas terei de me acostumar. 

2 comentários:

  1. Toda moeda tem duas faces, por mais valiosa que seja.
    Adorei tua introspecção.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Tal como alguem se perde dentro de si e se sente preso, pode tmbm sair em liberdade. Basta procurar a resposta para todas as suas perguntas encontrando a chave para a sua liberdade.
    Ass: Mingo

    ResponderExcluir