quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Ontem, hoje, amanhã.

Todos os dias acordo para a vida. Infelizmente, eu não posso acordar em meus sonhos, pois estes são só para ser dormidos. As pessoas dizem que cada dia é um novo dia, mas hoje me parece ontem. Nada me parece novo, e na verdade, estou cada vez mais velha. Tanto por dentro quanto por fora. Meu sorriso é cada vez mais torto e as lágrimas insistem mais para sair, embora eu não deixe. O dia que era para ser novo, ele se torna mais velho e pesado. Mais um dia sem você, mais velhos ficamos, mais tempo se vai, mais dor chega. Eu continuo a mesma. Quem puder me trazer um novo dia, me tragam. Eu realmente quero coisas novas. Mas pensando bem, apenas uma coisa velha bastaria. Você continua o mesmo menino mais velho de sempre? Por favor, diga que sim. É tão bom pensar que sim. Talvez algumas coisas nunca se tornem velhas, nem pesadas. Nem nada. Talvez você continue o mesmo. Talvez você me traga um dia novo. Talvez tragam-me você, e como eu digo, talvez o sol finalmente traga um dia novo. 

3 comentários:

  1. Sua esperança é linda... Desejo, eu, que torne-se contagiante.

    ResponderExcluir
  2. A gente consegue manter quem ama assim, protegido e intacto.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Cada dia mais o amor me supera. Ele é incrível.

    ResponderExcluir